Polícia caça pistoleiros que executaram policial em Sete Quedas

Polícia caça pistoleiros que executaram policial em Sete Quedas

COMPARTILHAR
No carro, rastro da violência dos criminosos.

Forças policiais da fronteira e de Campo Grande fazem operação na cidade de Sete Quedas, caçando dois homens que na noite desta quinta-feira (6), executaram a tiros o investigador da Polícia Civil Arthur Kemishian, de 30 anos. Atacado na região central da cidade, o policial morreu quando era levado em ambulância, para hospital em Dourados.

Populares relatam que ouviram barulho de ao menos 15 tiros aparentemente de pistolas. A princípio, dois suspeitos estão sendo caçados pela polícia em toda a região.

O ataque aconteceu quando o investigador transitava de carro pela região central da cidade. Testemunhas relataram para a polícia que dois homens se aproximaram do carro que o policial estava e passaram a atirar e em seguida fugiram.

Arthur foi socorrido por uma equipe da Polícia Militar e levado para o hospital da cidade onde recebeu os primeiros atendimentos, foi entubado e transferido em vaga zero para Dourados, mas acabou morrendo durante o trajeto, nas proximidades de Tacuru. O policial foi ferido peito, costas, barriga e em um dos braços. Consta que antes de perder os sentidos, Arthur teria apontado os autores do crime. O investigador deixa esposa e dois filhos.

Investigador deixa esposa e dois filhos. (Reprodução)