Polícia Civil caça garçom que incendiou casa e moto da mulher em...

Polícia Civil caça garçom que incendiou casa e moto da mulher em Campo Grande

COMPARTILHAR
Bruno Silveira de Souza. (Redes Sociais)

Policiais da DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher intensificam investigação e operações de caça ao incendiário Bruno Silveira de Souza, de 31 anos, que no final da tarde do último dia 10 ateou fogo na casa e motocicleta da companheira, na Vila Aimoré. A polícia suspeita que o indivíduo só não matou a vítima como seguidamente ameaçava, porque ela havia acabado de sair indo a casa de uma amiga nas proximidades.

Definido como elemento violento e perigoso, Bruno, que está com prisão decretada pela Justiça, pode estar armado, conforme informado para a polícia. Policiais do interior, principalmente cidades no entorno de Campo Grande, foram alertados sobre a possível presença ou trânsito do indivíduo em fuga por essas regiões.

O crime

Pouco depois de 17h do dia 10, a vítima, operadora de caixa com 46 anos, havia acabado de sair de sua casa e na casa de uma amiga foi informada que a casa alugada onde morava e motocicleta estavam em chamas. O casal havia se separado, mas a vítima acabou reatando o relacionamento e as agressões e ameaças continuaram.

Antes do incêndio, a polícia havia sido alertada por vizinhos e esteve na residência do casal. Sabendo disso, apesar de violento, Bruno não esperou a chegada da polícia e sumiu, mas no fim da tarde reapareceu, provocou o incêndio e desapareceu, estando foragido.

Informações sobre o paradeiro de Bruno podem ser passada através do telefone 4042-1324 na Delegacia da Mulher, qualquer outra Delegacia na Capital e interior ou Polícia Militar através do 190, sendo garantido o sigilo da informação.

Em um dos braços, tatuagem destacada.