Polícia Civil consegue apoio do Sicredi para execução do Memorial da Segurança...

Polícia Civil consegue apoio do Sicredi para execução do Memorial da Segurança Pública

COMPARTILHAR
Presidente do Sicredi, Celso Ramos Régis com delegada Sidnéia Tobias (Foto: Divulgação/PCMS)

A Ouvidora e Assessora de Gestão de Projetos e Planejamento da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Delegada Sidnéia Tobias, esteve reunida com o presidente do Sicredi, Celso Ramos Régis, para discutir uma parceria para execução do Projeto – Memorial Segurança Pública.

O Memorial visa homenagear membros da Segurança Pública que, por exercício, promovem a garantia da paz aos demais membros da comunidade, e possibilidade de evitar e corrigir injustiças, a capacidade de afirmar direitos e fazer cumprir os deveres.

Conforme a Delegada, o projeto é importante, “pois desejamos incutir na população a compreensão do que é ser um agente de Segurança Pública, justiça, respeito, e a importância das vidas dos homens e mulheres que trabalham neste setor, e, por vezes, tem suas vidas ceifadas em decorrência da profissão”, destaca.

O público alvo deste projeto são os servidores da área de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul mortos em serviço. De forma que, as devidas homenagens sejam prestadas, pela sociedade, a estes guerreiros e suas famílias de forma conscientizar sobre a importância da vida das pessoas que fazem parte do setor de Segurança Pública e evocar e chamar a atenção da população aos heróis urbanos que perderam a vida em nome da Segurança Pública.

Além do apoio, Celso Ramos se comprometeu a cooperar para que outras empresas participem da ação e colaborem em sua construção. O projeto foi o último desenvolvido pelo arquiteto Rubens Gil de Camillo antes de sua morte e será concretizado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul com o apoio da Secretaria de Cultura do Governo de MS. O arquiteto Gil Carlos de Camillo estima que sua execução tenha o custo aproximado de R$ 300 a R$ 500 mil.