Polícia Civil desarticula possível massacre em escola de Goiânia

Polícia Civil desarticula possível massacre em escola de Goiânia

COMPARTILHAR

A Polícia Civil de Goiás evitou nesta quinta-feira (27) um possível massacre que seria realizado em uma escola de Goiânia, Goiás. Um adolescente de 16 anos foi apreendido após trocas de mensagens que supostamente indicavam a intenção de realizar o ato na escola. O bairro da instituição de ensino não foi informado.

Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) da capital, com apoio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) e de investigadores estadunidenses, cumpriram mandado de busca e apreensão em Goiânia.

No telefone celular do adolescente apreendido, foram encontrados inúmeros indícios de participação em grupos que planejam massacres em escolas, além de apoio a ações e doutrina nazista. Também foram encontrados anotações e desenhos feitos à mão, cujas imagens são de cunho violento e enaltecem o nazismo através de dizeres e símbolos. Investigações seguem na DPCA para identificação de possíveis outros autores de crimes de racismo e terrorismo.