Polícia Civil prende vendedores que extorquiam e ameaçavam revendedoras

Polícia Civil prende vendedores que extorquiam e ameaçavam revendedoras

COMPARTILHAR
Dupla presa na casa de vítima.

Os vendedores também conhecidos como mascates, Gilihard Diego Souza da Costa (30) e Iury Gomes Coelho, de 25 anos, foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo quando supostamente extorquiam e faziam ameaças a uma vítima. A dupla já era alvo do S.I.G. (Setor de Investigações Gerais) da delegacia na cidade, por conta de denúncias de extorsão e ameaças contra pessoas que contratavam para revender produtos, as ameaçando de morte, incêndio de casa e execução de familiares quando não conseguiam vender as mercadorias.

De acordo com o flagrante, os vendedores subcontratavam pessoas para as quais passavam diferentes mercadorias com compromisso de que caso os produtos não fossem vendidos em determinado prazo, poderiam ser devolvidas sem problema algum. Na prática, as denúncias e o flagrante revelam que as pessoas não conseguiam devolver os produtos e ainda deveriam pagar preços extorsivos por tais mercadorias.

O alvo dos indivíduos era sempre mulheres ou pessoas fragilizadas, as quais cediam às ameaças. A Polícia Civil estava alertada e ontem ao ser cobrada uma vítima conseguiu acionar a Polícia Civil, tendo uma equipe do SIG comandada pelo delegado Bruno Santacatharina surpreendido a dupla proferindo graves ameaças à vítima e seus familiares.