Polícia Civil tenta localizar autores de execução na Nhá-Nhá

Polícia Civil tenta localizar autores de execução na Nhá-Nhá

COMPARTILHAR
Vítima morreu na calçada onde conversava. (Foto: Whatsapp)

Policiais do Grupo de Operações e Informações – GOI, da Polícia Civil estão atuando na busca aos autores da execução de Helton Duarte Luz (22), o “Heltinho”, morto com dezenas de tiros de pistolas, crime ocorrido no final da tarde de quinta-feira (27). O crime ocorreu no cruzamento da Travessa da Boa Vizinhança com a Rua Floriano Paula Corrêa, na Vila Nhá-Nhá.

Helton Duarte Luz, “Heltinho”

Três homens encapuzados teriam consumado a execução apoiados pelo quarto, que permaneceu dentro de um veículo branco. Os encapuzados que já haviam passado pelo local e avistado a vítima conversando, quando contornaram a quadra retornando e matando a vítima que estava junto a outras pessoas entre as quais uma adolescente e crianças.

A fuzilaria provocou pânico entre as pessoas e deixou marcas de tiros em paredes do local. A polícia definiu que 22 tiros foram disparados, muitos deles atingindo a vítima, mas a maioria a parede do imóvel onde “Heltinho” estava na frente.

A polícia trabalha com algumas linhas de investigação como possibilidade de algum tipo vingança e até mesmo que Helton tenha sido morto por engano. Nessa linha, o alvo dos matadores seria um indivíduo suspeito de ter matado um morador no Jardim das Hortênsias, por conta de rixa entre grupos rivais dos bairros.