Polícia encontra cofre oculto na casa de operador financeiro de Cabeça Branca

Polícia encontra cofre oculto na casa de operador financeiro de Cabeça Branca

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Em um breve relatório sobre a Operação Chacal que prendeu nesta semana Charles Miller Viola, apontado como sócio e operador financeiro do traficante internacional Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca, o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) DRACCO, anunciou hoje que um cofre secreto foi localizado na casa dele em um condomínio de luxo em Dourados.

Os investigadores ficaram por cerca de sete horas no Ecoville 2 e no meio da tarde, depois de utilizarem cães farejadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Rio Brilhante, solicitaram a ajuda de pedreiros para chegar até e a outros compartimentos da casa.

Sem especificar valores o DRACCO informou foi apreendida certa quantia em dinheiro, incluindo moedas estrangeiras, joias e anotações com indícios de lavagem de dinheiro. Também foram confiscados dois veículos, equipamentos de informática.

Preso na noite de domingo, na BR-163, região norte de MS quanto retornava para Dourados, Charles usava em Dourados o nome de falso de Carlos Roberto da Silva e se apresentava como produtor rural. As investigações continuam e Charles que era fugitivo da justiça deve ser enviado para o Presídio Federal de Campo Grande.