Polícia Federal de MS faz operação em Santa Catarina e prende foragido

Polícia Federal de MS faz operação em Santa Catarina e prende foragido

COMPARTILHAR

A Polícia Federal de Ponta Porã prendeu nesta terça-feira (14), integrante de facção criminosa foragido da Justiça na região de Itajaí, Santa Catarina. Além da prisão os federais com apoio da Polícia Militar cumpriram cinco mandados de busca e apreensão nas cidades de Penha e Balneário Piçarras no litoral catarinense.

A investigação que resultou na identificação, localização e prisão do foragido foi realizada pela Polícia Federal em Ponta Porã, através do Grupo Especial de Investigações Sensíveis e Facções Criminosas que também coordenou a deflagração da operação na região de Itajaí.

Nas buscas foram apreendidos celulares, veículos, uma motocicleta de luxo, diversos cartões bancários, documentos falsos, uma arma de fogo e diversas munições. O preso e os materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Itajaí.

Nome da operação

A palavra “doppelgänger” vem do alemão “sósia” que significa dublê e “gänger”, por sua vez, significa andarilho. O termo é usado para se referir a pessoas que se parecem exatamente iguais, pelo menos em aparência física. Atribuiu-se esse nome à operação em alusão ao fato de o alvo principal estar se passando por outra pessoa com o uso de documentos falsos, vivendo como se fosse um verdadeiro “doppelganger”.