Polícia Federal deflagra operação de combate à pornografia infantil pela Internet

Polícia Federal deflagra operação de combate à pornografia infantil pela Internet

COMPARTILHAR

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (23) a operação Anjo Mau, a qual busca combater o armazenamento e compartilhamento de arquivos contendo cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças ou adolescentes por meio da internet.

O trabalho investigativo teve início em maio de 2020, a partir de informações encaminhadas pela INTERPOL, repassadas por empresa estrangeira proprietária de site de vídeos pornográficos adultos, noticiando o compartilhamento de vídeo contendo cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças.

Na operação uma equipe de 6 Policiais Federais cumprem mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal de Campo Grande, na cidade de Bonito, sendo que os envolvidos poderão responder pelo crime tipificado no Art. 241-A, do Estatuto da Criança e do Adolescente, com pena de 2 a 6 anos.

A operação foi batizada de “Anjo Mau” em alusão às pessoas que se passam de verdadeiros “anjos” para conseguirem a confiança de suas vítimas e assim cometerem os crimes em questão. As buscas já foram concluídas e não foi encontrado nenhum flagrante delito. A Polícia Federal segue trabalhando, em operações ostensivas, investigações e atividades investigativas, mesmo em meio à pandemia, em benefício da sociedade.