Polícia Federal realiza operação de combate ao contrabando na Capital

Polícia Federal realiza operação de combate ao contrabando na Capital

COMPARTILHAR

A Polícia Federal e a Receita Federal, seguem em operação deflagrada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (26) em Campo Grande. A Operação Harpócrates II, é realizada para desarticular organização criminosa especializada em crime como o descaminho de produtos eletrônicos, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

De acordo com a Polícia Federal, o esquema criminoso investigado possui, resumidamente, a dinâmica de: lojistas de Campo Grande se utilizam de doleiros para enviar dinheiro para fornecedores de mercadorias situados no Paraguai; em seguida, promovem a entrada de produtos eletrônicos no Brasil, sem, entretanto, realizar o pagamento do imposto devido; são utilizadas empresas de fachada para expedir notas fiscais para justificar a entrada das mercadorias; por fim, esses equipamentos são revendidos no mercado nacional.

Loja alvo da operação. (PF)

A investigação teve início em 21 de novembro de 2019 e durante o seu curso foram realizadas apreensões de mercadorias descaminhadas bem como investigada situação patrimonial dos envolvidos. Nesta quarta-feira estão sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão, sendo 13 em Campo Grande e 1 em Chapadão do Sul, além do sequestro de dois imóveis, três veículos e valores eventualmente existentes em contas bancárias de quatro investigados.

Mais apreensões. (Direto das ruas)

A operação conta com a participação de cerca de 62 Policiais Federais e 10 servidores da Receita Federal. O nome da operação refere-se à forma silente e recôndita de atuar da organização criminosa, bem como à investigação homônima deflagrada em dezembro de 2017, que teve como alvo parte da organização criminosa atualmente investigada.

Direto das ruas