Polícia invade casa, acaba com cárcere privado e governo assume a informação

Polícia invade casa, acaba com cárcere privado e governo assume a informação

COMPARTILHAR
BOPE entrou na casa e prendeu o sujeito. (Foto: Leonardo de França/Midiamax/Reprodução)

A Polícia deu fim ao cárcere privado que um indivíduo cometia na Rua Cláudia mantendo a moradora na casa em meio à tortura. Após algum tempo de negociação a polícia invadiu a casa e capturou o pastor que mantinha a mulher presa desde a madrugada.

Libertada, a mulher com ferimentos pelo corpo foi encaminhada para atendimento médico. Já o indivíduo está sendo levado para a Casa da Mulher Brasileira para ser autuado em flagrante com uma série de agravantes. Durante o tempo em que manteve a mulher sob cárcere privado, o homem ainda de nome desconhecido, teria cortado cabelo e rasgado as roupas da vítima.

As polícias deram toda a oportunidade possíveis ao indivíduo para que libertasse a vítima e se entregasse. Como ignorou a negociação e a movimentação policial, o BOPE invadiu a casa, resgatou a vítima e arrancou o sujeito.

Governo interfere

Procurando tirar proveito do trabalho de policiais que passaram horas no sol, inclusive sem alimentação para ter um desfecho do caso sem violência, o governo do estado, através de Subsecretaria de Comunicação, baixou censura nos servidores determinando que só o governo relate o caso, aparentemente passando por cima das assessorias de comunicação das Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros. Não é comum à Comunicação do governo, atuar em notícias policiais, a não ser em entrega de viaturas. Agora pouco foi tentado contato com o sub secretário, mas ele desligou o telefone sem atender.