Polícia Militar apreende drogas em diferentes pontos da cidade

Polícia Militar apreende drogas em diferentes pontos da cidade

COMPARTILHAR
Drogas apreendidas em porções e tabletes (Ilustração)

Em ações rotineiras de patrulhamento preventivo/ostensivo, equipes da Polícia Militar de diferentes unidades prenderam nesta quarta-feira (15), quatro pessoas atuando no tráfico de drogas. A maioria fazia o tráfico doméstico, mas houve ainda prisão de fazia tráfico interestadual.

Luciano Ferreira de Oliveira (29), foi preso às 23h por policiais da Força Tática da 5ª Companhia, após denúncia de que no Residencial Atlântico Sul, na rua das Nações estaria ocorrendo a venda de drogas. Ao chegaram na casa do homem este se mostrou nervoso e acabou confessando que havia droga na casa.

Em um dos quartos os policiais encontraram maconha, que segundo o homem ele comprou por R$ 3,5 mil para revenda. Ele disse aos policiais que com a venda da droga encontrada ele “lucraria” três vezes mais o que “investiu” e que já havia vendido dois volumes da droga.

Também foram encontradas duas balanças de precisão e R$ 524 em dinheiro arrecadado com a venda da droga. A droga chegou a 2,160 quilos entregues no depósito da Denar.

Na Avenida Assaf Trad, saída para Cuiabá, policiais de Força Tática do 9º BPM e 11ª Companhia, prenderam uma mulher que saia de Campo Grande em um ônibus da Andorinha levando mais de 20 pacotes de maconha além de porção de cocaína que pretendia vender em Rondonópolis, Mato Grosso.

Na bagagem de Cintia Alves Lopes (24), os policiais constataram 22 tabletes de maconha, além de duas porções de cocaína. Ela disse que chegou a Campo Grande onde se hospedou em um hotel e fez contato com traficantes, recebeu as drogas e levaria até Rondonópolis onde entregaria a alguém e receberia R$ 1,5 mil. A maconha pesou 19,345 quilos.

Em uma casa da rua Júlio Baís, bairro Nova Lima equipes da Força Tática da 5ª Companhia com apoio do Serviço de Inteligência, após denúncia que no local chegaria um veículo transportando drogas, prenderam Jackson Yuri Ferreira Correia (30) e Macksander Aparecido Ovando da Silva, de 28 anos.

No interior da residência foi localizado em um quarto embaixo do colchão, três tabletes de maconha pesando 2,514 quilos. Também foram encontrados na residência R$ 296 em notas mais moedas, e balança de precisão.

Jackson preferiu não se manifestar alegando que só falaria diante de sua irmã ou outro advogado. Macksander também nada falou alegando não ter nada a declarar e duas mulheres que estavam na casa afirmaram desconhecer a existência da droga que foi encaminhada para a Dener e a dupla para a Depac-Centro onde foi autuada em flagrante.