Polícia Militar apreende outra carga de droga “guardada” no entorno da Capital

Polícia Militar apreende outra carga de droga “guardada” no entorno da Capital

COMPARTILHAR
Entrepostos de maconha nos arredores da Capital. (Imagem ilustrativa)

Após apreensão de mais de seis toneladas de maconha no mato na saída para Sidrolândia, menos de 24 horas depois outra apreensão da droga estocada, ocorreu na noite passada, desta vez em uma propriedade rural no anel viário de Campo Grande, também entrada Sul da Capital. Pouco depois de 20h desta segunda-feira (20) policiais militares foram alertados sobre um possível depósito de maconha em uma chácara no anel viário da BR-262, proximidades de uma fábrica de refrigerantes.

Inicialmente o oficial ronda da área checou e confirmou a suspeita, sendo acionados policiais de Força Tática da 10ª Companhia para o caso. Ao se aproximarem do local, chácara localizada em uma estrada rural ao lado da rodovia 262, policiais já sentiram forte odor de maconha.

Na chegada da PM dois homens que estavam no local, Adriano (39) e Marcos Vinicius (28) se mostraram “desconcertados” demonstraram que poderiam tentar fugir, mas foram abordados. Com buscas no local os policiais encontraram tambores metálicos cheios de tabletes de maconha o mesmo ocorrendo em uma caixa d’agua e alguns sacos.

Presa em flagrante a dupla contou que a chácara pertence a um homem chamado Lindomar, supostamente Lindomar da Rosa de Oliveira, que havia saído havia instantes em companhia da esposa em um Palio azul. Os dois homens alegaram desconhecer a existência da maconha, afirmando terem sido recentemente contratados para cuidar de galinhas, patos e outros animais da propriedade.

Ao todo eram 678 tabletes de maconha que pesaram 723,6 quilos da droga, sendo ainda apreendidas duas balanças com vestígios de maconha. A droga e balanças foram entregues na Denar e a dupla autuada na Depac-Cepol.