Polícia Militar apreende quase uma tonelada de droga na BR-060

Polícia Militar apreende quase uma tonelada de droga na BR-060

COMPARTILHAR
Strada estava abarrotada

Quase uma tonelada de maconha e três veículo apreendidos além de dois homens e uma mulher presos, é o saldo de operação da Polícia Militar iniciada no começo da tarde dessa quinta-feira (21) e concluída no fim do dia na BR-060, saída para Sidrolândia. Um veículo com a droga “acobertado” por batedores, chegariam em Campo Grande procedentes de Amambai, quando foram interceptados e tentaram fugir ao longo da rodovia, até um dos veículos sair da pista e por pouco não capotar na mata ao lado da rodovia.

Estão presos Danylo Henrique Silva Pereira (20), Gislaine Sandri Ribeiro (23), e Robson Fernando dos Santos Faria, de 28 anos. Inicialmente policiais da Unidade Coophavila apuraram através de denúncia que um veículo Strada prata chegaria em Campo Grande com grande quantidade de maconha com apoio de uma Saveiro preta e um HB 20 branco.

Busca na rodovia barrou o trio

No início da tarde a Strada foi localizada na rodovia rumo a Campo Grande, mas o condutor ao notar o carro da PM fez uma manobra brusca e retornou em direção a Sidrolândia, até que nas proximidades da região do Capão Seco perdeu a direção saindo da pista. O condutor fugiu a pé, mas com apoio de policiais acionados da Força Tática, acabou localizado e preso na mata.

Danilo, o primeiro a ser preso na mata

Na sequência de ação foram localizados os veículos de apoio e o casal, sendo constatado que os veículos estavam com rádios transceptores instalados para contato entre transportador e batedores. O primeiro a ser preso, localizado na mata, foi Danilo e que confessou estar dirigindo a Strada com a droga, confirmando a participação de batedores no esquema.

O carregamento apreendido chegou a 760,9 quilos, e que os envolvidos afirmaram ter recebido cvom os veículos na cidade de Amambai, para entregar em Campo Grande. Os dois homens afirmam que receberiam entre R$ 2,5 e R$ 7 mil pelo transporte e cobertura. Todos foram entregues na Depac-Piratininga e autuados em flagrante de tráfico e associação criminosa.