Polícia Militar realizará a “Operação Proclamação da República 2018”

Polícia Militar realizará a “Operação Proclamação da República 2018”

COMPARTILHAR
Policiamento intensificado em rodovias e estradas vicinais

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul através do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária – BPMRv juntamente com todas as unidades operacionais da PM, durante o feriado prolongado irá atuar na “Operação Proclamação da República 2018”. A Operação será iniciada às 8h desta quinta-feira (15) até às 8h de segunda-feira (19) em rodovias estaduais e estradas vicinais de acesso aos municípios do estado de Mato Grosso do Sul.

A Polícia Militar irá priorizar ações preventivas em relação ao abuso da velocidade, bebida ao volante, ultrapassagens proibidas e o não uso do cinto de segurança, assim como veículos com faróis apagados. O comandante geral da corporação, coronel Waldir Ribeiro Acosta, lembra que o objetivo da operação consiste em prevenir e reduzir acidentes de trânsito, crimes e infrações ao longo dos quase 15 mil quilômetros de rodovias estaduais.

A intensificação do policiamento nas rodovias de Mato Grosso do Sul se dará através de 12 Bases Operacionais Rodoviárias instaladas nos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. Doze equipes irão percorrer pontos e horários específicos nas rodovias estaduais.

As guarnições da Polícia Militar no estado, estarão empenhadas no combate ao tráfico de drogas, contrabando, descaminho e demais crimes nas estradas e rodovias estaduais. Os radares móveis serão utilizados para fiscalização do excesso de velocidade em pontos e horários das rodovias de maior fluxo de veículos visando prevenir acidentes.

O comandante geral da PMMS, Waldir Ribeiro Acosta, destaca ainda que “as operações desencadeadas durante o ano pela Polícia Militar trouxeram grande benefício a toda população sul-mato-grossense e não será diferente com a Operação Proclamação da República 2018, nossos policiais militares seguem no policiamento ostensivo e preventivo e de forma efetiva atuando no combatendo a criminalidade”. Concluiu.

Ação será ampliada também nos perímetros urbanos