Polícia Militar Rodoviária apreende 9.500 pacotes de cigarros contrabandeados

Polícia Militar Rodoviária apreende 9.500 pacotes de cigarros contrabandeados

COMPARTILHAR
Comboio iria para "distribuidor" em Dourados (Foto:Divulgação/PMR)

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) apreendeu em Laguna Carapã, nessa quinta-feira (21), quatro veículos transportando quase 10 mil pacotes de cigarros contrabandeados. O flagrante aconteceu por volta das 22h na MS-379, trecho entre Dourados e Laguna Carapã.

Uma equipe da Base Operacional Rodoviária de Dourados se deslocou para a região da MS-380, na estrada de acesso ao Assentamento Corona. Durante o policiamento ostensivo preventivo e fiscalização de trânsito no local, a equipe percebeu um pequeno comboio composto por quatro veículos, que trafegava em alta velocidade sentido BR-463, passando pelo interior do referido assentamento.

Os policiais deram ordem parada aos condutores dos veículos Fiat Doblo placas de Minas Gerais, um mestre de obras de 26 anos, do Fiat Fiorino placas também de Minas, conduzido um auxiliar de mecânico de automóveis com 20 anos de idade e mais um Fiat Fiorino ainda de Minas Gerais dirigido por um entregador de 28 anos e por fim um Fiat Doblo placas de MS cujo condutor abandonou o veículo e fugiu para o mato não sendo localizado pelos policiais militares.

Com buscas nos veículos constatou-se que todos transportavam cigarros de origem estrangeira das marcas Fox, Euro e Blitz, contrabandeados do Paraguai, produtos que seriam entregues e comercializados em Dourados, segundo as declarações dos envolvidos, não sendo informado pela polícia quem seria o proprietário do carregamento.

Os autores alegaram que buscaram os veículos preparados com os cigarros em Pedro Juan Caballero, no Paraguai e fariam o serviço de transporte até Dourados, recebendo ao final do serviço a quantia de R$ 500 cada um, assim que chegassem ao destino.

A carga de cigarro somada dos quatro veículos totalizou aproximadamente 9.500 (nove mil e quinhentos) pacotes, com valor estimado em R$ 115 mil. Os homens foram presos e encaminhados juntamente com os veículos e carga para a Polícia Federal de Ponta Porã.