Polícia paraguaia apreende sementes de maconha produzidas na Colômbia

Polícia paraguaia apreende sementes de maconha produzidas na Colômbia

COMPARTILHAR

As vistorias e buscas aeroportuárias realizadas permanentemente pela SENAD – Secretaria Nacional Antidrogas – do Paraguai em coordenação com equipes da Alfândega e da DINAC, interceptaram pacote suspeito procedente da Colômbia. Apreendida e encaminhada para perícia, foi confirmado se tratar de sementes de maconha que se destinavam ao Departamento de San Pedro.

Na área de fiscalização do Aeroporto Silvio Pettirossi, os agentes identificaram pacotes cuja documentação constava a Colômbia como país de origem e a cidade de Santa Rosa del Aguaray como destino. Por suspeitas de tráfico de drogas, a remessa foi aberta na presença do procurador Carlos Alcaráz e Juíza Lici Teresita Sánchez.

As sementes de maconha estavam em dois pacotes com rótulos que indicavam se tratar de suplemento alimentar. Embora as sementes tenham sido enviadas aos laboratórios da SENAD para estudo, as suspeitas apontam para organizações criminosas em São Pedro que buscam obter uma planta geneticamente modificada com maior concentração de THC.