Polícia paraguaia prende 13 pessoas acusadas de crimes na fronteira

Polícia paraguaia prende 13 pessoas acusadas de crimes na fronteira

COMPARTILHAR
Grupo é acusado de vários crimes

Antônio Coca

Uma operação realizada na madrugada desta quinta-feira por policiais paraguaios na zona rural de Capitan Bado prendeu pelo menos 13 pessoas na maioria brasileiros acusados de diversos crimes na região. Foram apreendidas também mais de duas toneladas de maconha, armas, granada, munição e vários documentos.

Os presos foram identificados como, Cicero Marcos Silva de Sousa (44), Marcelo Sander Costello, Mateus Enrique Cornele (30), Cleiton Nunes Sapucai, Wilson Fabiano Martin López (21), Anderson Junior Giacomin (31), Eduardo Marques Mendoza (30), Francisco da Chaga Cena (23), Rafael Carvalho Macena da Silva (24), Velinton Richar Neres da Costa, Ondoña (26), Michael da Silva (32), Anderson Moraes Pereira (23) e o paraguaio Salustiano Nuñez (44).

Todos estavam em uma fazenda que se encontravam em uma fazenda em Capitan Bado na fronteira com Coronel Sapucaia, onde após um trabalho de inteligência da Direção de Investigações criminais de Casos Puníveis, foi realizado uma busca e apreensão que resultou na prisão dos suspeitos e a apreensão de duas escopetas calibre 12, granada de mão, cinco rádios comunicadores, cartuchos de munição de diferentes calibres, uma caminhonete Mitsubishi, um Fiat Adventure, uma caminhonete GM-S10 e mais de duas toneladas de maconha.

A operação se deu durante investigações que buscam localizar os autores da execução de seis jovens na cidade de Pedro Juan Caballero na madrugada da última quarta-feira (22).