Polícia prende mais de 50 invasores de fazenda em Rondônia

Polícia prende mais de 50 invasores de fazenda em Rondônia

COMPARTILHAR
Já na porteira, grupo que "guardava" a área foi dominado e preso. (Foto: Comando190)

Ação rápida da Polícia prendeu 53 pessoas que invadiram uma fazenda e aterrorizavam famílias no interior. Com a ação rápida, determinada pela Secretaria de Segurança Pública de Rondônia, foi possível prender dezenas de criminosos que invadiram a Fazenda Verde Vale mantendo proprietários e funcionários reféns.

Enquanto eram mantidas sob a mira de armas de fogo, as vítimas eram torturadas e humilhadas pelos criminosos. Um deles chegou a colocar o cano de uma pistola na boca do proprietário e falou que só não iria matá-lo porque ainda não tinha autorização do chefe do bando.

Durante o ataque, a fazenda foi vasculhada e saqueada. Ainda na madrugada, o bando colocou as vítimas em um veículo e seguiu sentido a cidade de Ji-Paraná, onde elas foram libertadas próximo a rodoviária. Logo que as vítimas foram soltas, procuraram a polícia sendo montada uma Força Tarefa composta por policiais militares e civis de Cacoal, Ji-Paraná e Alvorada, com o apoio de um helicóptero do NOA (Núcleo de Operações Especiais) da Sesdec.

O comandante geral da PM, coronel Ronaldo Flôres Corrêa, coordenou toda a ação. Ao chegarem em uma das entradas da fazenda, os policiais foram recebidos por um grupo de sem-terra encapuzados, empunhando facões e bandeiras da LCP (Liga dos Camponeses Pobres).

Rapidamente, eles foram abordados, desarmados e presos. Parte do bando conseguiu fugir entrando em uma área de mata fechada. Na sede da fazenda, os policiais se depararam com um rastro de destruição. Nem alimentos e bebidas que estavam na geladeira escaparam da ação dos criminosos.

Crimes

De acordo com o delegado titular de Alvorada, Fred Matos, os mais de 50 conduzidos foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo, esbulho possessório, associação criminosa, corrupção de menores e cárcere privado.