Polícia registra mais uma execução na fronteira

Polícia registra mais uma execução na fronteira

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Marco Aurélio Soares Benitez (24), foi executado com mais de 15 tiros de pistola 9 milímetros e teve o corpo (desovado) jogado no Rodoanel de Ponta Porã. O crime foi constatado por populares pouco antes de 21h desta terça-feira, 18.

A Polícia Militar foi acionada e constatou a execução em seguida acionando a Polícia Civil e Perícia. Marco Aurélio tinha contra si um mandado de prisão em aberto e era dado como foragido.

O corpo estava no Rodoanel próximo a “Fazenda Três Coxilhas” e após os levantamentos de praxe foi recolhido ao Instituto Médico Legal – IML. Para a polícia, existe a possibilidade da vítima ter sido torturada e executada em outro local e posteriormente levada até onde foi encontrada. O crime pode ter sido ajuste de contas do crime organizado e até mesmo um caso de tribunal do crime, mas os investigadores não descartam nenhuma hipótese, sendo todas as possibilidades investigada pelo SIG.