Policiais da DECO e técnicos da FAB investigam queda de avião em...

Policiais da DECO e técnicos da FAB investigam queda de avião em Camapuã

COMPARTILHAR

Equipes do Serviço Regional de Investigação e Prevenção a Acidentes – SERIPA – órgão do Ministério da Aeronáutica e da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado – DECO além de Perícia, seguem neste momento para a cidade de Camapuã. Peritos e policiais vão analisar local e provável circunstância do acidente envolvendo o avião Tupi matrícula PT-NYM, ocorrido ontem naquela cidade.

O acidente deixou ferida a comandante e instrutora Thalita Helena Souza Araújo (30), que com fraturas precisou ser removida para a Santa Casa, e o aluno Gabriel Gonçalves Girardi, de 19 anos com escoriações. A aeronave caiu por volta de 15h em uma área de lavoura nas proximidades do aeroporto de Camapuã. Com base na análise de local, instrumentos e peças os peritos levantarão o que pode ter gerado o sinistro. Posteriormente será ouvida a comandante do avião e o aluno.

Apesar de não ter ocorrido explosão da aeronave ao atingir o solo, o que via de regra indica pane seca (falta de combustível) isso só será definido após análise pela perícia. Os técnicos querem saber entre outras coisas, como uma das asas da aeronave foi parar distante quase 100 metros do corpo do avião, assim como o motor foi arremessado de seu berço.

Como a aeronave passou por manutenção recente em oficina onde a DECO constatou irregularidades no uso de peças e serviços, uma equipe chefiada pela titular da delegacia, delegada Cláudia Medina está seguindo para o local. A aeronave que pertence à Escola de Aviação CMM, baseada no Aeroporto Teruel, cumpria programa de aula de navegação.