Prefeito do Rio, Marcelo Crivella preso em operação contra corrupção

Prefeito do Rio, Marcelo Crivella preso em operação contra corrupção

COMPARTILHAR

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso na manhã desta terça-feira (22). Agentes da Polícia Civil e do Ministério Público (MPRJ) estiveram na residência do político no condomínio Península, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Seis mandados de prisão foram cumpridos e um continua em aberto, porque o alvo não foi encontrado em sua residência.

Crivella foi preso em operação do MPRJ e da Polícia Civil, em um desdobramento da investigação do suposto “QG da Propina” na Prefeitura do Rio. Além do prefeito, foram presos o empresário Rafael Alves, apontado como líder do esquema criminoso, o delegado Fernando Moraes, o ex-tesoureiro de Crivella Mauro Macedo e os empresários Adenor Gonçalves e Cristiano Stokler.

O delegado Fernando Moraes foi citado em uma conversa entre o ex-senador Eduardo Lopes e o empresário Rafael Alves. O ex-senador Eduardo Lopes também é alvo da ação, mas não foi encontrado em sua residência no Rio de Janeiro. Ele mora em Belém, no Pará.