Prefeitos discutem principais pontos da pauta municipalista

Prefeitos discutem principais pontos da pauta municipalista

COMPARTILHAR

A comitiva de prefeitos de Mato Grosso do Sul desembarcou na manhã desta segunda-feira (8) em Brasília para se juntar ao maior movimento político da América Latina, a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, promovida pela CNM (Confederação Nacional de Municípios), que vai até o dia 11 deste mês.

O primeiro dia do evento é reservado ao credenciamentos dos gestores públicos, mas o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, participa às 15 horas da reunião do Conselho Político da CNM, do qual fazem parte dirigentes de entidades regionais.

A ideia é discutir os principais pontos da extensa pauta municipalista. Segundo Caravina, que lidera a caravana de prefeitos sul-mato-grossenses, entre os pontos da pauta estão o Pacto Federativo; cessão onerosa; aumento de 1% no FPM (Fundo de Participação dos Municípios); ISS (Imposto sobre Serviços); Novo Fundeb; e Lei Kandir.

De acordo com a CNM, a expectativa do evento é receber cerca de 10 mil líderes municipalistas. Pela manhã, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, apresentou uma prévia da programação principal do evento e citou a participação dos Três Poderes no evento. A nova previdência, a reforma tributária e a Plataforma + Brasil estão entre os assuntos tratados.

Com Assessoria