Prefeitura faz campanha orientando pessoas a usarem máscaras de proteção

Prefeitura faz campanha orientando pessoas a usarem máscaras de proteção

COMPARTILHAR
Servidores tanto oriental como distribuem máscaras. (Foto: Glenda Gabi)

Começou nesta segunda-feira (4) a exigência de uso obrigatório de máscaras para os usuários do transporte coletivo na Capital. A medida, prevista em decreto assinado pelo prefeito Marquinhos Trad na quinta-feira (30), é recomendação das autoridades em saúde, como medida preventiva à transmissão do coronavírus. A máscara poderá ser descartável, reutilizável ou de fabricação caseira.

Para incentivar as pessoas a respeitarem a nova legislação e orientar quanto à mesma, a Prefeitura de Campo Grande está fazendo ação educativa nos terminais de ônibus. A campanha que consiste em orientação e distribuição de máscaras começou nos terminais Guaicurus, Bandeirantes e Júlio de Castilho.

Na terça-feira será a vez dos terminais General Osório e Moreninhas e do Ponto de Integração Hércules Maymone. Já na quarta-feira (6), a ação acontece nos terminais Aero Rancho, Nova Bahia e Morenão.

Diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Janine Bruno, frisa que o uso de máscara já comprovou ser um dos métodos mais eficazes no combate à Covid-19. “Vemos aqui que a maioria das pessoas já estão vindo com suas máscaras e quem está sem nós estamos entregando. A distribuição vai acontecer até quarta-feira (6) para conscientizar sobre esse a importância do uso, sem a máscara não pode embarcar para a segurança de todos nós”, afirma.

O descumprimento das medidas pode acarretar responsabilização civil, administrativa e penal. A fiscalização caberá à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). O infrator pode ser enquadrado em crimes contra a saúde pública e contra a administração pública, como causar epidemia ou infringir medida sanitária preventiva, e de desobediência sendo que as penas vão de multa à cadeia.

Fonte: PMCG