Prefeitura inicia nova frente para recapeamento de 11 km de vias na...

Prefeitura inicia nova frente para recapeamento de 11 km de vias na Capital

COMPARTILHAR
Iniciado segunda-feira, recapeamento atingirá 11 km.

Já está em andamento a nova frente de recapeamento que a Prefeitura de Campo Grande vai executar com recursos do PAC Pavimentação, abrangendo a recuperação de 10,9 quilômetros de pavimento na região do Complexo Altos do São Francisco – investimento de R$ 5,4 milhões.

Desde segunda-feira (2), equipes da empreiteira estão aplicando a capa asfáltica na Rua Fernando Noronha, uma via de 2,7 km, lateral ao Cemitério Santo Amaro, que liga as avenidas Presidente Vargas e Tamandaré. O serviço está sendo feito em meia pista, para que não seja necessária a interdição da rua, onde o tráfego é intenso. A previsão é que ainda esta semana fique pronto.

O recapeamento da Fernando Noronha chegou a ser iniciado em 2016, quando foram feitos alguns serviços preliminares de preparação da pista (fresagem e reperfilamento), mas após o período eleitoral, o serviço foi abandonado. Na semana passada, foram feitos remendos para tapar os buracos.

Além da Rua Fernando Noronha, está programado o recapeamento de 3,2 km da Avenida Euler de Azevedo, onde o serviço já foi feito na pista centro/bairro, entre a Avenida Presidente Vargas e a rotatória da Rua Tamandaré. Desta vez será refeito o pavimento da pista centro/bairro da Avenida Presidente Vargas até a Avenida Tamandaré e o trecho final entre a rotatória com a Euler até a Avenida Ernesto Geisel.

Na Avenida Tamandaré o recapeamento está programado para um trecho de 4,6 km, entre a Rua Teodoro Roosevelt e a Avenida Júlio de Castilho. A obra complementa o recapeamento executado na Tamandaré até a UCDB, dentro do Complexo Jardim Seminário.

Recapeamento

Nos últimos 19 meses a Prefeitura executou mais de 35 quilômetros de recapeamento, com recursos do PAC Mobilidade Urbana (corredor Guia Lopes/Brilhante) e do PAC Pavimentação, abrangendo as Avenidas Mato Grosso; Hiroshima; Desembargador Leão Neto do Carmo; Ruas Antônio Maria Coelho, dentre outras, na área do Complexo Mata do Jacinto Etapa D.