Presos na Operação Dark Money serão interrogados em Campo Grande

Presos na Operação Dark Money serão interrogados em Campo Grande

COMPARTILHAR
Delegada titular do DRACCO Ana Claudia Medina.

Até o final do dia, ou no máximo amanhã, todos os presos na Operação Dark Money serão transferidos para interrogatório em Campo Grande. A informação foi confirmada agora pouco em Maracaju pela diretora do DRACCO e encarregada da operação, delegada Ana Cláudia Medina em entrevista à jornalista Hosana Lourdes, do Portal TudoMS.

A delegada confirmou a apreensão de dinheiro e até armas no andamento da operação, assim como o prejuízo de mais de R$ 32 milhões aos cofres públicos por conta dos desvios apurados no andamento das investigações. Medina destaca as manobras realizadas pelos integrantes do grupo investigado, que se valia inclusive de contas paralelas para movimentação de muito dinheiro público.

Embora sem fornecer detalhes, a autoridade confirma que o ex-prefeito e principal envolvido no caso, Maurílio Ferreira Azambuja não foi localizado em sua casa, fazenda ou na cidade. Caso ao final do dia nãos e apresente, o político passa para a condição de foragido.

No Paraná

Já Lenilson Carvalho Antunes, preso no interior do Paraná, será recambiado ainda hoje para Campo Grande. Atuando na administração Maurílio Azambuja, Lenilson recentemente havia sido exonerado pelo prefeito Foroni, do município de Rio Brilhante.