Presos tentam “arrombar” paredes de celas

Presos tentam “arrombar” paredes de celas

COMPARTILHAR
Presos foram isolados para vistoria nas celas (Ilustração)

Oito presos recolhidos na carceragem da Delegacia de Polícia da cidade de Aparecida do Taboado, foram surpreendidos na noite deste domingo (11), estourando paredes das celas em que estavam recolhidos. Ao serem descobertos, já havia aberto parcialmente buracos nas paredes interligando as celas e também paredes por onde poderiam escapar.

O problema foi constatado por volta de 19h quando o policial plantonista percebeu movimentação estranha no conjunto de celas. Na checagem o investigador surpreendeu os presos com objetos que quebravam as paredes das celas.

Surpreendidos e questionados, todos alegaram que só queriam chamar atenção como forma de conseguirem transferência para um presídio, o que eles chamam de “bonde”. O delegado da cidade foi acionado e também a Polícia Militar para ser possível acesso às celas danificadas com buracos iniciados, fissuras e rachaduras.

Os oito presos que eram distribuídos em três celas, foram concentrados em uma sem riscos até a solução do problema com eventual remoção de todos. A transferência por sua vez, depende do judiciário.