PRF faz três apreensões seguidas de cigarros no entorno da Capital

PRF faz três apreensões seguidas de cigarros no entorno da Capital

COMPARTILHAR
Sofás e poltronas, só fachada (Fotos/Divulgação PRF)

Em menos de 24h PRF faz três flagrantes de cigarros contrabandeados do Paraguai na região de Campo Grande. Foram duas carretas na tarde de terça-feira e na manhã desta quarta-feira (7), um automóvel e um caminhão baú, com carregamento de estofados. O prejuízo destas apreensões chegam a R$ 4,4 milhões.

Primeira Ocorrência

A primeira ocorrência foi na tarde de terça-feira (6), em Rochedo. Uma equipe se deslocava para Campo Grand, pela MS-080 próximo ao km 80 quando notaram duas carretas suspeitas, paradas em um posto de combustíveis. Uma das carretas, uma Scania/G380 com placas de Goiânia/GO, tinha como motorista um homem de 38 anos.

No veículo havia cerca de 700 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai. Segundo o motorista, o destino seria o Estado do Pará sendo que ele estava de posse de R$ 8,870 mil em dinheiro. O segundo veículo, um Volvo/FH12 380 com placas de Colorado/PR, tinha como responsável um homem de 46 anos.

A carga era composta por cerca de 800 caixas de cigarros também contrabandeados. O homem informou que levaria o carregamento para Goiás, onde receberia pelo transporte e tinha na bagagem R$ 6,220 mil. A Volvo apresentava adulteração de chassi e nos dois veículos estavam instalados radiocomunicadores clandestinos.

Troca de rota não deu certo

Segundo caso

A segunda ocorrência, foi no início da manhã desta quarta-feira (7), uma equipe fiscalizava em frente à Unidade Operacional da PRF no km 530 da BR-163, em Jaraguari, quando deram ordem de parada a um Astra HB com placas de Campo Grande.

O motorista não obedeceu e fugiu sendo abordado pouco depois após a praça de pedágio. Ao verificar o veículo, os policiais encontraram cerca de 10 caixas de cigarro, algo em torno de cinco mil maços. Questionado, o homem contou que comprou as caixas de cigarro próximo ao Mercado Municipal de Campo Grande, o Mercadão, e levaria para Bandeirantes.

Terceira

A terceira ocorrência também foi em Jaraguari, quando uma equipe abordou um caminhão baú Mercedes Benz/L-1113, com placas de Umuarama/PR, conduzido por um homem de 37 anos, na companhia de outro de 49.

Os dois ocupantes se mostraram nervosos com a abordagem policial e deram respostas contraditórias sobre a viagem. No baú do veículo havia um carregamento de estofados, conforme atestava a nota fiscal. No entanto, no interior dos sofás foram encontradas várias caixas de cigarros também do Paraguai.

Questionada sobre o contrabando, a dupla assumiu que fazia
o transporte ilegal explicando que pegaram o veículo em Umuarama, no Paraná /PR e levariam até a cidade de Cuiabá em Mato Grosso, onde receberiam o pagamento pelo transporte de cerca de 125 mil maços. As três ocorrências foram encaminhadas para a Polícia Federal em Campo Grande.

Não conseguiu fugir