Procon Estadual inicia capacitação para técnicos das unidades municipais

Procon Estadual inicia capacitação para técnicos das unidades municipais

COMPARTILHAR
Marcelo Salomão, Procon MS.

Com objetivo de orientar técnicos dos Procons Municipais por meio da abordagem das principais políticas públicas relacionadas com a defesa do consumidor, apresentando de forma simples, objetiva e prática a maneira adequada para a elaboração de projetos com finalidade de captação de recursos na rede de proteção do consumidor, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor –Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, promoverá à partir de quinta-feira (26), em Dourados, com duração de dois dias, a primeira capacitação para técnicos dos órgãos municipais de defesa do consumidor quando estarão reunidos representantes de outros 12 municípios.

Como o objetivo é beneficiar todas as 34 unidades municipais, o Estado foi dividido em quatro regiões aglutinando em cada uma os Procons localizados mais próximo da unidade polo. Assim, o curso terá como sedes os municípios de Dourados (com etapas nos dias 26 e 27 próximos), já estando programado também para Bonito, Coxim e Três Lagoas. Ao se referir ao treinamento, o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, definiu como “bastante salutar a parceria entre as unidades de defesa do consumidor nas duas esferas (estadual e municipal) entendendo que a capacitação dará mais condições de atendimento e aos municípios que, com isso, terá autonomia ampliada podendo encaminhar soluções mais céleres às demandas”.

A capacitação foi elaborada de modo a utilizar diversas metodologias visando estimular a participação e reflexão. Entre estas, vale ressaltar as apresentações com exposições dialogadas, demonstração de casos práticos, atividades sistêmicas e dinâmicas de grupo. Dividida em módulos as primeiras atividades em Dourados constarão “Noções sobre transferências voluntárias; instrumentos de recursos de transferências voluntárias da União, além da Portaria número 424 de dezembro de 2 016, no período matutino de quinta-feira.

Para a tarde a previsão é o debate do programa e proposta da Plataforma + Brasil/Sincov que ampliará as condições aos participantes de encontrar cadastros na Plataforma e identificar campos correspondentes aos cadastros de programa. Já, na sexta-feira, dia 27, pela manhã, a programação prevê “Caracterização de projetos” que proporcionará definição do objeto, metas e etapas, indicadores de desempenho e análise de risco.

À tarde as discussões serão sobre Plataforma Consumidor.Gov, capacidade técnica e Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor – Sindec que visa promover melhoras para navegar na ferramenta para estudos e gestão, identificar campos correspondentes aos cadastros e atendimentos de empresas e consumidores. Além de execução das ações do Procon na ferramenta.

Com Assessoria