Procon/MS encontra diferença de 355.90% em preços de produtos de higiene pessoal...

Procon/MS encontra diferença de 355.90% em preços de produtos de higiene pessoal e limpeza

COMPARTILHAR
Variação mostra "jogo sujo" contra consumidores.

Pesquisa trimestral realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, para verificação de preços de produtos de higiene pessoal e limpeza detectou diferença de preços em inúmeros produtos. No total, 262 itens tiveram seus preços pesquisados sendo divulgados 241, uma vez que os 21 restantes não foram encontrados em, pelo menos, três dos estabelecimentos visitados.

A pesquisa realizada no período de quatro a 16 de agosto abrangeu 18 unidades de comercialização localizadas tanto na área central como em diversos bairros da Capital, visando orientar de forma mais abrangente os consumidores no momento da aquisição dos produtos. O levantamento encontrou 14 produtos com diferença superior a 100%. A maior delas, 355,90%, está relacionada à pedra sanitária Pato com 25 gramas.

O item em questão pode ser encontrado no Comper da rua Joaquim Murtinho por R$ 1,95 enquanto é vendido no Supermercado São João, na rua Arquiteto Vila Nova Artigas, Aero Rancho, por R$ 8,89. Já, a menor diferença (4,76%) foi constatada em relação ao enxaguante bucal Colgate Total 12 clear mint com 1 l. No Assaí Atacadista da avenida Duque de Caxias, por R$ 22,90 enquanto no Fort Atacadista no bairro Guanandi, o preço é 23,99.

A equipe de pesquisa do Procon/MS elaborou, também, termo comparativo dos preços entre os levantamentos realizados no trimestre anterior e o atual. Com isso se observou que, dos 210 produtos comparados, a água sanitária Q Boa de 5 litros apresentou a menor variação, 0,07 por cento. Já a água sanitária Pequi, na mesma medida tem a maior variação, ou seja, 70,60%. Do total, 61 produtos apresentaram decréscimo de preços destacando-se o creme dental Close Up triple menta com 70 gramas, com variação de – 195,74 por cento.

Com Assessoria