Profissionais da Saúde farão atendimentos de graça nesta sexta-feira em Campo Grande

Profissionais da Saúde farão atendimentos de graça nesta sexta-feira em Campo Grande

COMPARTILHAR
Evento acontece pelo sexto ano.

Pelo sexto ano consecutivo, médicos cirurgiões cardiovasculares e cardiologistas, enfermeiros e técnicos em enfermagem, nutricionistas e fisioterapeutas, do Hospital do Coração, vão promover na sexta-feira (27) a campanha preventiva em comemoração ao Dia do Portador do Marca-passo, com atendimentos gratuitos em dois locais em Campo Grande.

Das 6h às 9h, a equipe estará na Praça Belmar Fidalgo e, das 10h às 16h, no Shopping Pátio Central. A ação é incentivada pelo Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial (Deca) em todo País, sob o tema “Tome uma Medida de Pulso”. Na Capital sul-mato-grossense, conta com o apoio da Empresa Biotronik e a parceria da Fundação Municipal de Esportes.

De acordo com o organizador da campanha em Mato Grosso do Sul, cirurgião-cardiovascular Mauro Cosme Gomes de Andrade, uma medida simples, como colocar as pontas dos dedos abaixo do pulso, pressionar ou mover os dedos até sentir a pulsação, acompanhar os batimentos com um relógio, pode salvar milhares de vidas. “Na sexta-feira (27), nós – os especialistas em Estimulação Cardíaca Eletrônica (importante área de atuação da Cardiologia) e profissionais de Saúde – queremos orientar a população sobre a frequência cardíaca correta, verificar se o seu coração está no ritmo certo”, explicou o médico.

O número considerado normal de batimentos cardíacos está entre 60 e 100 por minuto, ou um batimento por segundo. “Abaixo desse valor, quando ocorrem batimentos cardíacos lentos ou a pessoa apresenta sintomas como tonturas, escurecimento visual, desmaios, sente-se cansada e frequentemente ofegante, ela deve procurar um cardiologista para definição do diagnóstico. Pode ser um caso grave, por isso, a campanha do Dia do Portador do Marca-passo é tão importante, podemos diagnosticar doenças cardiopatias, antes de uma complicação”, comentou o cirurgião-cardivascular Mauro Cosme Gomes de Andrade.

No ano passado, mais de 300 pessoas foram atendidas e 10 delas apresentaram situações alarmantes e receberam o encaminhamento devido. Um deles foi a troca do aparelho que não funcionava mais e outro de pacientes que foram incentivados a fazer uso do dispositivo.

“Essa campanha surgiu para mostrar que uma pessoa com implante vascular pode levar uma vida normal e orientar os seus parentes e amigos”, explicou Mauro Cosme Gomes de Andrade.

A Praça Belmar Fidalgo fica na Rua Dom Aquino, 2.536, e o Pátio Central, na Rua Marechal Candido Mariano Rondon, 1.380. Nesses locais, além de distribuição de informativos e orientações médicas, haverá aferição de pressão arterial, de glicemia e dicas com nutricionistas sobre boa alimentação associada a exercícios físicos para uma vida saudável.

Com Assessoria/Neiba Ota