Projeto pioneiro cria Equipe de Emergência em universidade paraguaia

Projeto pioneiro cria Equipe de Emergência em universidade paraguaia

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Com o objetivo de dar segurança e qualidade no atendimento a emergências médicas a Universidad Central Del Paraguay (UCP) criou na sede de Pedro Juan Caballero através do Departamento de Extensão Universitária a primeira equipe de atendimento a urgência e emergência universitária.

O projeto pioneiro conta com profissionais altamente capacitados e treinados para atender qualquer demanda pré-hospitalar intra-hospitalar, atenção humanitária e outros atendimentos necessários. A Equipe de Urgência e Emergência (EUE) vai capacitar também futuros socorristas e tem entre seus atendentes o acadêmico Gabriel Schultz Silva que é instrutor da Cruz Vermelha do Brasil onde atua há cinco anos na área de primeiros socorros e capacitado em atendimento pré-hospitalar e urgência e emergência. Além dele também vai atuar na equipe o acadêmico e biomédico Felipe Francisco de Carvalho Brito.

Para a professora doutora Juliane de Oliveira, a presença de uma equipe como esta dentro do campus universitário dá segurança para professores, alunos e demais frequentadores do local, pois sabem que se houver alguma necessidade existirão pessoas capacitadas para fazer o atendimento.

De acordo com a licenciada Elizabeth Vargas, Wenceslau Gómez, um atendimento bem feito e eficaz pode salvar vidas e diminuir danos causados por alguma emergência médica.

Segundo Gabriel Schultz a equipe vai se reunir frequentemente apara analisar os resultados, trocar informações e traçar planos de atuação. Ele disse que o objetivo é que todos estejam preparados para atender os casos de urgência e emergência que surgirem dentro da universidade e até fora dela.

“Estaremos preparados e munidos de equipamentos, inclusive para atuar em caso de necessidade fora da UCP em eventos realizados pela instituição e no apoio ás autoridades de Pedro Juan Caballero e de Ponta Porã se for o caso e se formos solicitados”, disse ele.