Puccinelli afirma em entrevista que não é condenado e não está inelegível

Puccinelli afirma em entrevista que não é condenado e não está inelegível

COMPARTILHAR

Ao iniciar agora pouco entrevista aos jornalistas Joel Silva e Lívia Machado, na Rádio Jovem Pan, o ex-governador e pré candidato ao governo estadual, André Puccinelli, explicou deixando claro que não está implicado em nada na Justiça que impeça sua candidatura. André foi claro frisando “não estou nem sou condenado pela justiça e não estou inelegível.”

André citou ainda que está pré candidato e assim seguirá até as forças no partido definam se muda para candidato. O ex-governador lembrou que o que fez por Campo Grande e por Mato Grosso do Sul em um todos, se sente habilitado para a candidatura.

Cita entretanto, que o partido segue em articulação até o final do ano, pois são muitos os membros do partido – MDB – habilitados para representar o partido. Seguindo na entrevista, o ex-governador também lembra da capacidade da senadora Simone Tebet a avalizando como uma das principais pré candidatas do partido para a presidência. Destacou ainda a ministra Tereza Cristina e sua grande capacidade administrativa, conciliadora e política a coloca também como nome certo.

André se apresenta pré candidato, mas lembra que decisão é do partido e destaca que não está inelegível como pregam os inimigos.