Quadrilha ataca fazenda, abate e rouba bois em Porto Murtinho

Quadrilha ataca fazenda, abate e rouba bois em Porto Murtinho

COMPARTILHAR
Restos de animais deixados no pasto.

Bando composto por ao menos seis bandidos, assaltou uma fazenda no município de Porto Murtinho onde rendeu e amarrou o caseiro, idoso de 83 anos, e abateu bois. A quadrilha ficou horas na propriedade e prometeu voltar para mais roubo e abate.

Por conta da distância e isolamento da região, o caso só chegou ao conhecimento da polícia nessa terça-feira (23). A propriedade está localizada entre Porto Murtinho e Porto Sastre no Paraguai, o que facilita a ação de quadrilheiros. Após a denúncia, equipes da Polícia Militar e Ambiental se deslocaram até a propriedade.

De acordo com o caseiro, o bando portava armas longas e se comunicava apenas no idioma guarani. No local, os policiais encontraram cabeças e vísceras dos animais abatidos. Os ladrões também roubaram um barco aparentemente usado para o transporte dos animais abatidos. A fazenda pertence a um militar da reserva residente em Porto Murtinho.