Quatro dias após execução na Moreninha III, homem é atacado a tiros

Quatro dias após execução na Moreninha III, homem é atacado a tiros

COMPARTILHAR

A polícia tenta esclarecer as circunstâncias da tentativa de assassinato ocorrida na noite deste sábado no Bairro Moreninha III. O atentado ocorre na mesma região em que a menos de cinco dias um homem foi morto a tiros por presidiário em liberdade condicional.

No episódio deste sábado (15), Lucas de Moraes Charão, 24 anos, foi atacado a tiros quando estava na Rua Jutai proximidades da creche. Conforme o registro do caso, Lucas, que foi socorrido e levado para a UPA Moreninhas, disse para a polícia que estava na casa de um amigo, quando repentinamente avistou um veículo Gol prata modelo quadrado com dois ocupantes.

Lucas disse ainda que o veículo se aproximou e um dos homens botou um dos braços com arma para fora do carro e atirou em sua direção e das pessoas que estavam com ele. Lucas foi baleado na parte interna da coxa direita e imediatamente socorrido por familiares.

Entrevistado por policiais na UPA, Lucas disse que não conseguiu identificar nenhum dos ocupantes do veículo, nem informou características dos autores assim como disse não saber a razão do atentado.