Ruralistas e autoridades discutem conflitos entre indígenas e produtores em Dourados

Ruralistas e autoridades discutem conflitos entre indígenas e produtores em Dourados

COMPARTILHAR
Autoridades e produtores discutem solução para o problema.

Antônio Coca

O Secretário Especial de Assuntos Fundiários do Governo Federal Nabhan Garcia e Alcir Amaral Teixeira presidente em exercício da Fundação Nacional do índio (FUNAI), produtores rurais e representantes do Governo do Estado estão reunidos hoje sem a presença da imprensa no Auditório do Sindicato Rural de Dourados no Parque de Exposição.

Eles discutem os últimos acontecimentos envolvendo ocupações de áreas rurais por indígenas em Rio Brilhante e Dourados ocorrido este ano. Na semana passada quatro indígenas e um segurança ficaram feridos em um confronto na fazenda Boa União nas proximidades da Perimetral Norte em Dourados. Um indígena e um segurança ainda continuam internados no Hospital da Vida.

Em Rio Brilhante um acampamento indígena teria sido atacado por desconhecidos que incendiaram a casa de reza da comunidade que reivindica uma área rural no município. O Secretário adjunto de Segurança Pública do Estado Ari Carlos Barbosa, representa o Governador Reinaldo Azambuja.

“O objetivo do governo federal é implantar situação de tranquilidade, paz e respeito a todos. Índios e não índios têm direito a vida e a paz. O que não podemos aceitar é conviver em ambiente de hostilidade e desrespeito a propriedade. Invasão é crime em qualquer circunstância”, afirmou Nabhan.

O presidente em exercício na FUNAI, Alcir Teixeira, disse que o objetivo é a busca da paz e a solução para o impasse entre a comunidade indígena e os produtores rurais. Os proprietários de terras na região denunciaram a interferência e o incentivo de autoridades na questão e pediram providencias por parte do Governo Federal.

Autoridades fazem vitoria na região com apoio de helicóptero da Polícia Militar.