Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240 milhões de...

Safra de 2020 deve bater recorde e chegar a 240 milhões de toneladas

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa/Reprodução Internet.

Agência Brasil

A safra brasileira de grãos deve bater recorde de quase 241 milhões de toneladas em 2020. O número supera em 33 mil toneladas o resultado esperado para este ano, segundo as estimativas divulgadas nesta terça-feira pelo IBGE. Com a previsão, as safras de 2019 e 2020 devem se tornar as maiores da série histórica iniciada em 1975, superando o recorde atual, da safra de 2017, que somou 238 milhões de toneladas de grãos.

A alta para o próximo ano será puxada, segundo o IBGE, pelo crescimento de 6,7% na produção de soja, o que corresponde a um total superior a 120 milhões de toneladas. A maior parte desse volume se refere aos estados do Mato Grosso e Paraná, segundo maior produtor de soja no país.

O aumento vai colocar o Brasil em primeiro lugar na produção mundial de soja, superando, inclusive, os Estados Unidos, como destaca o analista da coordenação de Agropecuária do IBGE, Carlos Alfredo.

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola também estima para 2020 crescimento na produção de algodão e arroz, de respectivamente 2 e 1%. Já a produção de milho é esperada uma redução de 7,5%. O mesmo deve acontecer com o feijão de primeira safra, que deve registrar um recuo de 0,3%.

A safra nacional de 2019 também vai atingir quase 241 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 6,4% na comparação com o que foi produzido em 2018. Os números indicam, no entanto, que diferente do próximo ano, o resultado de agora foi influenciado pelo milho, cuja produção bateu recorde este ano.