Secretário de Dourados foi morto por funcionário que se recusava usar máscara

Secretário de Dourados foi morto por funcionário que se recusava usar máscara

COMPARTILHAR
Fernando Souza, o homicida, pode ter fugido para outro estado.

O secretário de Agricultura Familiar em Dourados, Alceu Junior Silva Bittencourt (36), foi assassinado pelo funcionário Fernando Souza que havia sido demitido por se recusar a usar a máscara de proteção ao coronavírus durante o expediente na barbearia. O detalhe foi publicado por uma irmã de Junior em rede social.

Junior foi morto no começo da tarde de ontem (4), quando cortava cabelo de um cliente na barbearia de sua propriedade, no bairro Izidro Pedrozo. O corpo do secretário foi sepultado no final da manhã deste domingo (5) no Cemitério Santo Antônio de Pádua.

O cliente que estava sendo atendido por Junior ainda tentou evitar o crime lançando uma cadeira contra Fernando que não se incomodou e sem dizer praticamente nada, assassinou a vítima com uma facada no pescoço e fugiu. A polícia de Dourados tenta localizar o criminoso, inclusive com apoio de unidades policiais de outras cidades e fora do estado.