Segue rebelião em Ponta Porã e PM tenta impedir trabalho de...

Segue rebelião em Ponta Porã e PM tenta impedir trabalho de jornalistas

COMPARTILHAR
Reforço e equipe especializada devem seguir para a cidade.

Presos da Penitenciária de Ponta Porã seguem rebelados e mantendo um Policial Penal como refém. A rebelião, entretanto, difere desse tipo de ocorrência pois os rebelados não promovem gritaria ou o comado “bate-grade”, o que mantém a situação sob controle.

No lado externo do presídio estão policiais militares e do DOF que passaram a tentar impedir o trabalho da imprensa exigindo que jornalistas abandonem o local. A alegação, é que a presença dos jornalistas estaria colocando a vida deles, policiais, em risco.

Com a mobilização, os internos alegam que mostram o abandono a que estão submetidos por parte das autoridades. Também denunciam a existência de casos de covid 19 entre os internos sem que houvesse providência.

Os rebelados exigem a presença de jornalistas na negociação, mas o pedido pode não ser atendido por medida de segurança. Consta que representantes da Administração Penitenciária estaria a caminho da cidade, assim como negociadores da Polícia Militar.