SEJUSP afirma que PMs atuando na PED não prejudica policiamento em Dourados

SEJUSP afirma que PMs atuando na PED não prejudica policiamento em Dourados

COMPARTILHAR
Policiais seguem atuando nas torres. (Arquivo)

Antônio Coca

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou hoje através de Nota à Imprensa que na noite de ontem (14), houve uma reunião em Campo Grande entre o titular da pasta, Antônio Carlos Videira, o Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Marcos Paulo Gimenez, o superintendente de Segurança Pública e Políticas Penitenciárias da Sejusp, Osnei Nazareth Duarte e o Diretor-Presidente a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Aud de Oliveira Chaves, para tratar da segurança e guarda da Penitenciária Estadual de Dourados (PED).

Desde a semana passada vem sendo cumprida a determinação de manutenção da segurança e guarda das torres da PED por parte da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Não procede que faltem viaturas ou que por conta do serviço de vigilância nas torres da PED, o policiamento preventivo e ostensivo seja insuficiente ou ausente nas ruas do município de Dourados.

Ainda conforme a nota, ao contrário, por conta do aumento do fluxo natural aos finais de ano, bem como em função do toque de recolher imposto pelo Governo do Estado, o secretário de Justiça e Segurança Pública determinou aumento do policiamento nas ruas, o que já vem acontecendo desde o final do mês de novembro.

Nesta quarta-feira (16), estarão em Dourados o superintendente de Segurança Pública e Políticas Penitenciárias da Sejusp, Osnei Nazareth Duarte, o Diretor-Presidente da Agepen, Aud Oliveira Chaves, o Diretor Operacional da Agepen, Acir Rodrigues, o Assessor da Diretoria de Operações da Agepen, Leoney Martins Barbosa, o Comandante do Policiamento de Área, coronel Givaldo Mendes de Oliveira e a tenente-coronel Sandra Regina, que responde pelo Comando do 3º Batalhão da Polícia Militar de Dourados, para tratar de detalhes da capacitação dos agentes, necessidade de equipamentos e materiais, para que nos moldes de Campo Grande, a Agepen assuma os serviços de guarda e escolta no interior do Estado.

A Polícia Militar está disponibilizando servidores para formar e capacitar os agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul para que possam num futuro próximo assumir as atribuições da Polícia Penal.

A Sejusp reafirma o compromisso de garantir segurança pública de qualidade para todos e garante que não há prejuízos para o policiamento na cidade de Dourados, onde os serviços da PM estão sendo realizados normalmente e sem qualquer intercorrência.