Sem pagamento, forças de segurança de Goiás param

Sem pagamento, forças de segurança de Goiás param

COMPARTILHAR
Polícia só em quartéis e delegacias

A Polícia Militar e demais forças de segurança pública de Goiás, informaram nesse fim de semana que desde domingo (20), deflagraram a paralisação passiva dos seus trabalhos. A paralisação é motivada pelo pouco caso do Governador Ronaldo Caiado, que informou de forma grosseira, através de sua secretária da Fazenda que não irá pagar o salário atrasado dos servidores.

Em nota, integrantes da segurança no Estado, alertam que Goiás poderá virar um caos, sem precedentes sem atuação efetiva das forças de segurança, alertando a população para que não facilitem com seus veículos, casas e ao transitarem pelas ruas.

O alerta segue lembrando que o estado está sem proteção e a criminalidade, roubos, furtos e arrastões irão começar. “Esperamos que o Governador Caiado resolva o quanto antes. Pois todos os servidores caminham para uma paralisação geral dos serviços Públicos.” Alertam notas de representantes dos servidores.