SENAD apreende 7,4 toneladas de maconha em mega plantação

SENAD apreende 7,4 toneladas de maconha em mega plantação

COMPARTILHAR
Droga era produzida em grande escala. (Divulgação/Senad)

Um complexo de drogas composto por 5 campos equipados com logística para a produção de maconha em grande escala foi descoberto durante operação rural por Agentes Especiais da SENAD lotados no Escritório Regional em Pedro Juan Caballero.

A operação, chefiada pelo promotor Celso Morales, entrou em uma área arborizada da cidade conhecida como Cadete Boquerón, distrito de Capitán Bado. Durante o patrulhamento, os agentes localizaram cinco áreas de produção de droga interligados. Em cada área ou campo era desenvolvida uma fase da produção de maconha, sendo preso o paraguaio Marcial Paredes, de 36 anos.

Os policiais apreenderam um total de 7.400 quilos de maconha, distribuídos em 4.400 quilos da droga picada e 3.000 quilos preparados em tabletes. O valor da droga em território paraguaio gira em torno de 220 mil dólares, porém a estrutura do narcotráfico pretendia vender por aproximadamente 2 milhões de dólares no mercado brasileiro.

A logística desmontada era composta por prensas metálicas, peneiras, guilhotinas, macacos hidráulicos, serras circulares, balanças eletrônicas, forrageiras, motos, pulverizadores, placas metálicas e celulares. Por disposição em lei, os campos e a maconha granel foram incinerados e o o que estava prensado, transferido para a Base Regional da SENAD como prova.

Parte da produção já estava em fardos.