SENAD causa prejuízo de mais de 18 milhões de dólares ao narcotráfico...

SENAD causa prejuízo de mais de 18 milhões de dólares ao narcotráfico em Morombí

COMPARTILHAR
Muitas "lavouras" de maconha encontradas na mata. (Divulgação)

Antônio Coca

O trabalho desenvolvido pela SENAD na Reserva Morombí que se estendeu por oito dias de intensas incursões com objetivo de combater esquemas de tráfico com base financeira em cultivos ilícitos de maconha e também assumir o controle de áreas ameaçadas pelo tráfico de drogas através dos narcoprodutores. No total, cerca de 202 hectares de maconha foram erradicados, com perdas de cerca de 18 milhões de dólares no tráfico de drogas.

As equipes operacionais foram direcionadas para os locais onde as “lavouras” de maconha estavam concentradas, plantações que já haviam atingido altura e estavam prestes a entrar na fase de colheita. Os 202 hectares da droga erradicada são equivalentes a tirar de circulação mais de 600 toneladas da maconha.

O uso de um helicóptero da Força da Área do Paraguai colaborou na detecção de novas áreas de cultivo através de vistas aéreas, sendo localizados escondidos em florestas, 23 campos de produção. Também foram encontrados cerca de 150 quilos de maconha picada. De acordo com a SENAD, o golpe logístico e financeiro causado às estruturas de tráfico de maconha nos último meses, equivale a 18 milhões e 100 mil dólares.

Destruição no próprio local.