SENAD desmonta base logística do tráfico aéreo de drogas no Chaco Paraguaio

SENAD desmonta base logística do tráfico aéreo de drogas no Chaco Paraguaio

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Agentes Especiais da SENAD baseados no Chaco Paraguaio, foram deslocados para a cidade de Lagerenza’i, distrito de Bahía Negra, Alto Paraguai, fronteira com o Brasil nas proximidades de Corumbá e Porto Murtinho, após o setor de inteligência constatar a existência de uma base logística usada para o tráfico de drogas. Durante patrulhamento intenso na região, as equipes detectaram um hangar e uma pista clandestina, que estavam em condições de pleno uso.

Embora os policiais não tenham encontrado aeronaves, apreenderam provas como bombas elétricas para cargas de combustível, refletores, painéis solares para iluminação de pista, espingardas, tambores com querosene de aviação indicando que aeronaves turbo hélices ou até jatos operam no local, e vários documentos. Um homem identificado como Juan Gregorio Cabañas foi detido no local.

O promotor Andrés Arriola ordenou a apreensão dos materiais e a destruição da pista clandestina com o uso de maquinários pesados. Presume-se que a pista era estratégica para o narcotráfico, já que aeronaves da Bolívia, Peru ou Colômbia chegavam ao local para reabastecimento e checagem das condições das aeronaves.

Homem detido no local, diz não saber quem é o patrão.