SENAD desmonta estrutura de tráfico de drogas para o Brasil e prende...

SENAD desmonta estrutura de tráfico de drogas para o Brasil e prende quatro

COMPARTILHAR

Agentes Especiais da SENAD, em coordenação com o Ministério Público, há quatro meses investigava uma organização criminosa, com sede em Curuguaty, que se dedicaria a transportar cargas de maconha para o Brasil. As investigações avançaram levando ao esquema para o transporte por via terrestre até o Departamento de Alto Paraná, para posterior passagem pelo Lago Itaipu.

Nas prmeiras horas de hoje a Tropa Especial iniciou a fase operacional contra o esquema e traficantes. Com isso, na região de Yasy Kañy, na estrada que leva a Caaguazú, os Agentes da SENAD interceptaram uma carreta e uma van, no papel de batedor. Os ocupantes da van tentaram fugir, mas em perseguição foram capturados. O quarteto foi identificado como Eduardo Luján Noria, Juan Gerardo Díaz, Orlando Javier Bogado e Isidro Rodrigo Díaz, todos paraguaios.

Na carreta os policiais encontraram grande quantidade de maconha em fardos e tabletes. Em seguida, em ação acompanhada pelo procurador Carlos Alcaraz, os policiais realizaram buscas na casa do que seria o líder da estrutura criminosa, localizada no bairro San José Obrero, em Curuguaty.

Carga interceptada.

O homem foi apontado pelos comparsas e identificado como Cristian Bernabé Isasi Giménez, que não foi encontrado na casa. Ele agora é procurado através de mandado de prisão. O promotor interino ordenou a transferência dos veículos e presos para a Base de Operações da SENAD em Assunção, onde será realizada a pesagem da carga apreendida. A apreensão e prisão do grupo aconteceu na estrada que liga Yasy Kañy com Caaguazú.

Batedores estavam em van.