SENAD destroi 7 toneladas de maconha e 6 campos da droga em...

SENAD destroi 7 toneladas de maconha e 6 campos da droga em Capitan Bado

COMPARTILHAR
Vários "acampamentos" na mata. (Divulgação/Senad)

A SENAD Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, realizou operações para constatação e destruição de plantações maconha na região da Colônia Umbu, distrito de Capitán Bado, na fronteira com o Brasil. A ação resultou na destruição de 7 toneladas de maconha colhida e em fase de embalagem além de acampamentos e materias usados por narcoprodutores. Em ação anterior, equipes da SENAD já haviam, destruído seis toneladas de maconha.

Na Fazenda Amambay, havia um centro de coleta e produção de maconha, detectado através de trabalhos realizados por agentes especiais da SENAD, com sede em Pedro Juan Caballero. A estrutura dos narcoprodutores estava escondida em 6 acampamentos. Foram apreendidas duas prensas de metal, peneiras, 4 macacos hidráulicos e 1 forragem rústica, de colheita e preparo da droga.

Os agentes ainda encontraram 350 sacos de maconha picada, totalizando 7 toneladas, além de 105 quilos de droga prensada. Através de operações constantes dessa natureza, a SENAD combate a estrutura responsável pelo processamento da droga e seu posterior envio ao território brasileiro. As ações foram supervisionadas pelo procurador Celso Morales que ordenou a destruição da droga e materiais localizados.

Droga é levada em sacos da lavoura ao acamapento para ser prensada e embalada.