SENAD e Marinha fecham cerco ao tráfico e contrabando via fluvial

SENAD e Marinha fecham cerco ao tráfico e contrabando via fluvial

COMPARTILHAR

Equipes operacionais da SENAD e Marinha paraguaia seguem em operação de fiscalização e repressão ao transporte de cargas ilícitas e drogas pelo rio Paraná e em suas encostas. Em uma dessas patrulhas, equipes das duas instituições “estouraram” um esconderijo localizado nas proximidades do Lago Itaipu, braço Dorila do distrito de Santa Fé del Paraná.

Após patrulhamento fluvial e terrestre, para desestimular o transporte de produtos ilícitos de um lado para o outro da fronteira com o Brasil, a equipe apreendeu diversos fardos de maconha que pesaram 100 quilos. O procurador Manuel Rojas, ordenou a realização de uma série de investigações que cheque às estruturas do transporte das cargas constantemente apreendidas ao longo do rio e suas margens.