SENAD prende espanhol com cocaína líquida no Aeroporto de Assunção

SENAD prende espanhol com cocaína líquida no Aeroporto de Assunção

COMPARTILHAR
Fiscalização constatou a armação. (Divulgação)

Antônio Coca

Agentes Especiais da SENAD prenderam na manhã de hoje o espanhol identificado como Francisco Moreno López, sob suspeita de que transportava droga. O homem chegou ao Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi à meia-noite em um vôo do Equador, após escala no Panamá.

Segundo informações, o estrangeiro teria entrado no Equador em meados de fevereiro, lá lhe entregaram substâncias para ir ao Paraguai, como “turista” por alguns dias. Mais tarde embarcaria em um voo para Portugal, mas o destino final da droga seria Barcelona.

De acrodo com as investigações da SENAD, o fato de passar anteriormente pelo Paraguai faria parte de uma estratégia para sair da rota “arriscada”, já que geralmente se consideram suspeitos voos do Equador com destino europeu.

Com a presença do promotor Eduardo Royg, a mala do espanhol foi aberta e vistoriada. Dentro dela os policiais encontraram frascos de enxaguatório bucal, xampu e vinho tinto respectivamente. Analisado o conteúdo foi descoberto que se tratava de cocaína líquida. O peso bruto dos produtos ultrapassa 5 quilos, mas posteriormente a droga será extraída por meio de processos laboratoriais.

O estrangeiro foi preso e encaminhado para a Base de Operações da SENAD por determinação do procurador da República. Anotações encontradas com ele, bem como telefone celular, passarão por perícia e investigação internacional.

Produtos passarão por química separando a cocaína.