Senador Nelsinho Trad apoia I Fórum Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico

Senador Nelsinho Trad apoia I Fórum Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico

COMPARTILHAR

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) – com o apoio do presidente da Frente Internacional Parlamentar do Corredor Bioceânico, senador Nelsinho Trad, sedia, nos próximos dias 26 e 27, o 1º Fórum “Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico’’, com a participação de autoridades nacionais e estrangeiras. O evento que tem a presença confirmada do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, e do ministro do Turismo, Carlos Alberto Gomes de Brito – promoverá a discussão do conjunto de benefícios proporcionados pelo projeto do Corredor Bioceânico.

A programação é intensa e abrange palestras, assinaturas de convênios, painéis e mesas redondas. “Propomos este grande evento juntamente com o governador Reinaldo Azambuja, o senador Nelsinho Trad, que é presidente da Frente Parlamentar Internacional do Corredor Bioceânico, e o prefeito Valdir Júnior, presidente da Assomasul – Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul”, destacou o presidente da ALEMS, deputado Paulo Corrêa (PSDB).

O parlamentar também ressaltou a importância do fórum. “Participarão representantes dos governos e embaixadas dos países pelos quais passa a Rota Bioceânica. Vamos discutir acordos, convênios, logística, transporte, taxas aduaneiras, turismo, comércio, energia e mineração. Daqui, sairá uma carta de intenções a ser encaminhada ao Itamaraty”, enfatizou.

“Convido a população para esta programação intensa de trabalho exatamente para entendermos esse fluxo e como vai funcionar as aduanas, como vamos arrumar a construção desse acesso da ponte que sai da BR-267 em Porto Murtinho. É importante a participação de toda sociedade”, convidou Paulo Corrêa.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, o evento também será uma oportunidade para divulgar o potencial turístico de Mato Grosso do Sul. “Precisamos mostrar nossas belezas do Pantanal, as águas cristalinas de Bonito e nosso cartão de visita, que é o Bioparque do Pantanal”, listou o deputado.

O presidente da Frente Parlamentar da Rota Bioceânica, senador Nelsinho Trad (PSD/MS), vem incentivando os prefeitos a participarem do encontro. “Precisamos debater o assunto de interesse do nosso Estado, que vai alavancar a economia de MS e do país”, comentou.

Hug logístico

O coordenador nacional do Corredor Rodoviário Bioceânico, ministro de carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos Parkinson de Castro, mencionou alguns dos impactos na economia para o Estado e para o país. “Mato Grosso do Sul deverá tornar-se um “hub” logístico nacional, com a redução de custos e do tempo de viagem. O acesso facilitado a produtos asiáticos possibilitará a expansão da base industrial e a inserção nas cadeias globais de valor”, disse.

Ainda de acordo com Parkinson, o corredor promoverá parcerias com produtores argentinos, paraguaios e chilenos. “Isso forçará o empresário sul-mato-grossense a engajar-se nas práticas do comércio exterior, desenvolver sua própria logística e conhecer seu entorno geográfico. O corredor transformará a realidade do Estado e detalhes sobre esses benefícios serão discutidos no fórum”, argumentou.

Serviço

O evento é uma organização do Ministério das Relações Exteriores e realizado pela ALEMS em conjunto com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a Frente Parlamentar Internacional do Corredor Bioceânico e a Assomasul.

Assessoria/Neiba Ota