Senador Nelsinho Trad garante preservação histórica de prédio da União com cedência...

Senador Nelsinho Trad garante preservação histórica de prédio da União com cedência para Conselho

COMPARTILHAR
Senador Nelsinho em cerimônia no Conselho.

O senador Nelsinho Trad (PSD) intermediou a guarda provisória do prédio da União, na Vila Ferroviária, conhecido como Escola Batatinha, para instalação da sede do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso do Sul (CAU/MS), em Campo Grande. O parlamentar se reuniu no fim de semana com o presidente da instituição, Luís Eduardo Costa, e arquitetos membros, para celebrar a cedência desse imóvel. “A decisão da Superintendência do Patrimônio da União em MS vai atender a região que se encontrava com imóvel histórico esquecido e resolver a prioridade do CAU que necessita de uma sede”, comentou o senador.

O senador recebeu em março deste ano a solicitação do presidente do CAU/MS para intervir nesse processo. “Houve muita celeridade na condução desse pedido, nós tivemos o apoio do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, que já havia feito uma solicitação para o mesmo imóvel e abriu mão. Com a intervenção do senador Nelsinho Trad, conseguimos estabelecer um diálogo com a Secretaria, diretamente em Brasília, possibilitando a cedência do local por 10 anos, o que vai gerar economia de R$278 mil por ano nas despesas do Conselho”, explicou o presidente do CAU.

O imóvel cedido tem 357m² e fica na Rua Doutor Ferreira, nº 28, e abrigava a Escola Estadual Álvaro Martins Neto, na Vila Ferroviária, conhecida como “Batatinha” nos anos 1970. Segundo o presidente do CAU, com a autorização de uso, o Conselho realizará uma revitalização no imóvel, preservando o aspecto arquitetônico. “Preenchemos todos os requisitos, como previsão orçamentária, investimento, proposta de ocupação, responsabilidade em realizar a manutenção do prédio, e a finalidade de preservar o patrimônio”, disse Eduardo ao senador Nelsinho.

Para o senador, a instituição vai atender a demanda de Campo Grande em manter viva a história, a cultura, o urbanismo e o paisagismo do local. “Vocês, arquitetos, estão de parabéns pela iniciativa de preservar um bem público e eu, aqui, quero cumprimentar o arquiteto Celso Costa em nome de todos por essa conquista”, disse o senador que assinou um documento simbólico em homenagem pelo auxílio à instituição.

Escola integra história da “Vila Noroeste” hoje Vila Ferroviária.